Veja números do Santos de Sampaoli no Paulistão

de Globo Esporte

Santos iniciou a temporada de forma avassaladora. Basta olhar as estatísticas para perceber que a equipe comandada pelo técnico Jorge Sampaoli não se importou com o rótulo de "quarta força" e começou 2019 disposto a calar os críticos e brigar por títulos. O jogo entre Bragantino e Santos, na quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), terá transmissão ao vivo do Premiere 2 para todo o Brasil e acompanhamento em tempo real, com vídeos, no GloboEsporte.com.

Pode ser cedo para falar, mas as primeiras partidas do ano encheram o torcedor santista de esperança. Afinal, são três vitórias convincentes nas três partidas, além de sete gols marcados e nenhum sofrido.

Abaixo, o GloboEsporte.com traz os principais números do Santos de Sampaoli neste início de Campeonato Paulista. Os dados são do site Footstats.

 

Melhor ataque

 

São sete gols marcados em três jogos, média de mais de dois gols por jogo. O número é o mesmo do rival São Paulo, adversário vencido no último domingo. Jean Mota (duas vezes), Derlis González (duas vezes), Soteldo, Copete e Luiz Felipe são os responsáveis pelas bolas na redes até aqui.

 
Derlis González marcou dois gols pelo Santos em 2019 — Foto: Renato Pizzutto/BP FilmesDerlis González marcou dois gols pelo Santos em 2019 — Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

Derlis González marcou dois gols pelo Santos em 2019 — Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

 

Melhor defesa

 

Imbatível. O Santos é o único time do Paulistão que ainda não concedeu gols. E melhor: nos três jogos até o momento, Vanderlei pouco trabalhou ou foi exigido.

 

Único time 100%

 

Com a vitória no clássico, o Santos se consolidou como único time que ganhou todas as partidas disputadas no estadual. A segunda melhor campanha é a do Palmeiras, que venceu duas e empatou uma.

 

Time que mais finaliza

 

O estilo ofensivo de Sampaoli também está nas estatísticas. Como o Santos joga de maneira ofensiva e propõe o jogo, é o time que mais chuta a gol no Paulistão. Até o momento, são 50 finalizações (20 no gol e 30 para fora). O vice-líder no quesito é o RB Brasil, com 41 tentativas.

O atleta que mais finaliza também é do Santos: Jean Mota, com 10 (oito no gol e duas para fora). Empatado com ele está Felippe Cardoso, mas com um chute no gol e nove para fora. Wellington Simião, do Mirassol, também tem 10 tentativas (duas no gol e oito para fora).

 
Jean Mota é o maior finalizador do Santos no Paulistão — Foto: Marcos RibolliJean Mota é o maior finalizador do Santos no Paulistão — Foto: Marcos Ribolli

Jean Mota é o maior finalizador do Santos no Paulistão — Foto: Marcos Ribolli

 

Vice-líder em posse de bola

 

A principal obsessão de Sampaoli é que seu time consiga manter a posse de bola. No quesito, o Santos perde apenas para o Corinthians (64% a 60%) em média de posse por jogo.

 

Dupla de zaga participativa

 

Os dois jogadores do Santos que mais são passes, curiosamente, são os dois zagueiros titulares: Luiz Felipe e Gustavo Henrique.

Em três rodadas, Luiz Felipe deu 168 passes e errou apenas seis – uma média de 96,4% de toques certos. Gustavo Henrique, seu companheiro, deu menos passes (152), mas errou apenas dois, tendo 98,7% de média de passes certos.

 
 
Luiz Felipe e Gustavo Henrique são os jogadores com mais passes do Santos no Paulistão — Foto: Ivan Storti/Santos FCLuiz Felipe e Gustavo Henrique são os jogadores com mais passes do Santos no Paulistão — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Luiz Felipe e Gustavo Henrique são os jogadores com mais passes do Santos no Paulistão — Foto: Ivan Storti/Santos FC