Federer cai e fica fora do top 5 e Osaka tem ascensão meteórica e é número 1 do mundo na WTA

de Globo Esporte

Início de ano e fim de um Grand Slam: a receita perfeita para muitas mudanças nos rankings. Entre os homens, Novak Djokovic e Rafael Nadal protagonizaram a final do Aberto da Austrália e mantiveram seus postos. Mas, Roger Federer, que defendia o título, caiu três posições, ficando fora do top 5 da ATP. Já na classificação feminina, destaque para o crescimento de Naomi Osaka e Petra Kvitova, campeã e vice em Melbourne, além de muitas mexidas no top 10.

 

A final entre Djokovic e Nadal manteve os dois no topo do ranking da ATP. Porém, a queda de Federer, que defendia o título na Austrália, ainda nas oitavas de final fez com que o suíço perdesse três posições, ficando em apenas 6º lugar. Ainda dentro do top 10, Marin Cilic, que tinha feito a final em Melbourne em 2018, também perdeu três postos e é apenas o 10º.

Semifinalistas no torneio, Stefanos Tsitsipas e Lucas Pouille tiveram boas subidas no ranking. O grego ganhou apenas três posições, mas, com apenas 20 anos, já é o 12º colocado. O francês, por outro lado, ganhou 14 posições e pulou para 17º, iniciando uma boa recuperação após uma temporada muito ruim em 2018.

Ranking feminino

Quando pisou em quadra na estreia do US Open em agosto de 2018, Naomi Osaka era apenas a 19ª no ranking da WTA. Cinco meses depois e com dois títulos de Grand Slam na bagagem - o último neste sábado, no Aberto da Austrália - a japonesa de apenas 21 anos confirmou sua ascensão meteórica no circuito e assumiu a posição de número 1 do mundo com os resultados.

Quem também aproveitou a competição em Melbourne para subir bem no ranking foi a tcheca Petra Kvitova. Vice-campeã e em uma final de Grand Slam pela primeira vez após ser esfaqueada em um assaltohá dois anos, a tenista saltou quatro posições e fica como número 2 do mundo. Apesar de seguir fora do top 10, Serena Williams já encosta no grupo e subiu cinco posições após ter ido às quartas de final. Ela agora é a 11ª.

O torneio, aliás, provocou grandes mudanças no top 10 da WTA. Simona Halep, que vinha como número 1 do mundo, agora é apenas a 3ª colocada. Angelique Kerber, campeã de Wimbledon na última temporada, perdeu quatro posições e caiu para 6ª, enquanto a antiga detentora do título na Austrália, Caroline Wozniacki despencou para 9ª no ranking.

 

Brasileiros

 

 
Thiago Monteiro, campeão do Challenger de Punta del Este — Foto: Divulgação / Punta OpenThiago Monteiro, campeão do Challenger de Punta del Este — Foto: Divulgação / Punta Open

Thiago Monteiro, campeão do Challenger de Punta del Este — Foto: Divulgação / Punta Open

Rogerinho e Thomaz Bellucci tiveram campanhas discretas em Punta del Este e Newport Beach, respectivamente, e ficam em 139º e 223º no ranking da ATP.

Bia Haddad teve seus pontos computados após furar o qualifying e chegar à segunda rodada da chave principal Aberto da Austrália, quando acabou perdendo para Angelique Kerber. A brasileira subiu nada menos que 20 posições e agora é a 175ª do ranking. Bia chegou a ocupar a 58ª colocação e, após um ano de 2018 com lesões, tenta emplacar uma recuperação.