Com o sucesso de Lady Gaga e “Nasce uma Estrela” nas bilheterias e nas premiações de cinema, outras cantoras chegam em 2019 com grandes apostas cinematográficas. Os únicos projetos confirmados de Beyoncé e Taylor Swift para este ano, por exemplo, têm a ver com cinema: uma é dubladora do live-action de “O Rei Leão” e a outra integra o elenco do musical “Cats”. Vai ser certamente um circuito movimentado. Troye Sivan e Nick Jonas também serão vistos na telona. Veja os projetos dos artistas com a 7ª arte:

Beyoncé – “O Rei Leão”

Beyoncé faz seu retorno ao cinema – como dubladora. Ela dá voz à leoa Nala na nova versão de “O Rei Leão”, que será lançada pela Disney em live-action e não mais desenho animado. A direção é de Jon Favreau (o mesmo de “Mogli: O Menino Lobo”). Mas a popstar deve chamar a atenção mesmo é com a trilha sonora do filme. Ela trabalhou em estúdio com Elton John e há um burburinho forte sobre a regravação de “Circleof Life” na voz da cantora, que também poderá cantar a música dos créditos finais. A estreia está marcada para 18 de julho.

 
 

Taylor Swift, Jennifer Huson e Jason Derulo – “Cats”

O famoso musical teatral britânico ganha adaptação para o cinema, com direção de ninguém menos que Tom Hooper, vencedor do Oscar por “O Discurso do Rei”. Ele também dirigiu a adaptação cinematográfica de “Os Miseráveis”. Por ser um espetáculo bem sucedido desde os anos 1980, as músicas já são conhecidas e tem tudo para serem catapultadas – e até entrarem nas paradas de singles – nas vozes dos popstars. Taylor Swift até participou da cerimônia do Globo de Ouro neste ano, mostrando que a produção de “Cats” não está para brincadeira. O filme estreia em 20 de dezembro nos Estados Unidos.

 
 

Troye Sivan – “Boy Erased: Uma Verdade Anulada”

Não é com um papel principal, mas esse filme traz Troye Sivan de volta ao cinema anos após a franquia “Spud” (2010-2014). O longa-metragem, com Nicole Kidman e Joel Edgerton (que também assina a direção), trata de um drama real nos Estados Unidos: as terapias de conversão de pessoas LGBTs, na maioria das vezes obrigadas pelas famílias religiosas e conservadores. Na história, o filho do pastor é enviado para um centro de treinamento de “cura gay”. A estreia acontece no dia 31 de janeiro no Brasil.

 
 

Nick Jonas – “Midway”

Sempre conciliando música e atuação, Nick Jonas estreia neste ano esse drama histórico baseado na chamada Batalha de Midway, travada entre as forças aeronavais dos Estados Unidos e do Japão durante a Segunda Guerra Mundial. A direção é de Roland Emmerich, o mesmo de “Stonewall: Onde o Orgulho Começou”, “O Dia Depois do Amanhã”, “2012” e “Godzilla”. Estreia em 8 de novembro.

Selena Gomez – “A Rainy Day In New York”

A cantora realizou o sonho de trabalhar com o cineasta Woody Allen neste filme, que também tem Jude Law, Timothée Chalamet, Elle Fanning, Diego Luna e Rebecca Hall no elenco. Nos últimos anos, Selena vem tentando fazer trabalhos mais densos no cinema, mas todos foram filmes mais alternativos e de pouca visibilidade. Já um filme de Woody Allen representava, para ela, a oportunidade de ser vista pelo grande público fazendo algo diferente. O problema é que as acusações de abuso sexual infantil contra o diretor ainda deixam no ar se esse longa-metragem, orçado em US$ 25 milhões, realmente vai estrear. A Amazon, produtora e distribuidora do filme, suspendeu a estreia em 2018 e a esperança dos fãs é que ele saia em 2019. Não tem data.

Rita Ora: “Wonderwell”

Já conhecida como atriz pela franquia “Cinquenta Tons de Cinza”, Rita Ora retorna ao cinema neste ano com essa co-produção entre Itália e Estados Unidos. É um filme alternativo, que deve percorrer festivais. Trata-se de um conto de fadas que se passa entre a Itália e o reino imaginário de Wonderwell, acompanhando a trajetória de uma menina de 12 anos, Violet, em uma jornada transformadora. Ainda sem data de estreia.

Justin Timberlake e Kelly Clarkson – “Trolls 2”

Em 2016, Justin Timberlake alcançou o topo das paradas do mundo inteiro com “Can’t Stop the Feeling!”, a música-tema da animação “Trolls”. Ele recebeu até uma indicação ao Oscar. Então, quando se fala em “Trolls 2”, o mundo da música pop já fica atento. O ator-cantor está de volta ao elenco de dubladores, que desta vez traz também Kelly Clarkson. Ela terá uma música original no filme, que estreia em 17 de abril de 2020 nos Estados Unidos. Vamos acompanhar.